FARRA EM CRUZ DO ESPÍRITO SANTO: Gestão de Pedrito Gomes gasta quase R$ 10 milhões com combustível – VEJA GRÁFICOS

 Capturar.JPGQQQ - FARRA EM CRUZ DO ESPÍRITO SANTO: Gestão de Pedrito Gomes gasta quase R$ 10 milhões com combustível - VEJA GRÁFICOSNos últimos cinco anos, o município de Cruz do Espírito Santo, na Região Metropolitana de João Pessoa, gastou quase R$ 10 milhões somente em combustível. A gestão do ex-prefeito Pedro Gomes, conhecido como Pedrito (PSD) desembolsou a quantia milionária de R$ 9,6 milhões com combustíveis, de acordo com dados do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Os valores chamam atenção já que ultrapassa as cifras gastas por municípios muito maiores que a pequena Cruz do Espírito Santo.

Para uma localidade com 17.461 habitantes, quando comparado com outros municípios paraibanos com maior população e com maiores demandas, o gasto se mostra exorbitante.

Dos últimos cinco anos, o ano de 2016 foi o que o município mais gastou o erário público com combustíveis, sendo R$ 2,5 milhões. Este período demonstra que Pedrito conseguiu gastar 25,7% a mais do que a gestão de Romero Rodrigues em Campina Grande, a segunda maior cidade do estado. Na Rainha da Borborema, com mais de 400 mil habitantes, foram gastos R$ 2 milhões.

Em 2017, Cruz do Espírito Santo gastou R$ 1,75 milhão com combustíveis. Este valor consegue ser 10,75% maior do que Guarabira, que adquiriu R$ 1,5 milhão, cidade localizada no Brejo paraibano, com 59.115 mil habitantes, três vezes mais populosa que a cidade que era administrada por Pedrito.

No ano seguinte, Pedrito aumentou em quase 15% o valor dos pagamentos com combustíveis. Em 2018, a gestão do ex-prefeito desembolsou mais de R$ 2,011 milhões. Este valor é maior que o que Pombal adquiriu, que foi R$ 1,9 milhão. A cidade do Sertão tem o dobro da população e território quatro vezes maior, e mesmo assim gastou menos.

Já em 2019, foram R$ 1,660 milhão gastos com esse tipo de despesa. A gestão do então prefeito Pedrito superou, nesse ano, os gastos de Sapé, que pagou R$ 1,5 milhão em combustíveis, menos que Cruz do Espírito Santo, mesmo tendo população e demandas maiores.

Em 2020, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a gestão de Pedrito gastou quase R$ 700 mil em combustível. Cruz do Espírito Santo gastou exatos R$ 670.570 mil com combustíveis, esse valor corresponde a 389% a mais que Bayeux, município da mesma região, com 97.203 mil habitantes, em que a despesa foi de R$ 172.140 mil. Ainda no ano passado, Pedrito gastou 155% a mais do que Conde (R$ 430.550 mil), cidade com 24.670 mil habitantes.WhatsApp Image 2021 02 08 at 11.28.58 3 1024x486 - FARRA EM CRUZ DO ESPÍRITO SANTO: Gestão de Pedrito Gomes gasta quase R$ 10 milhões com combustível - VEJA GRÁFICOSWhatsApp Image 2021 02 08 at 11.28.57 2 1024x498 - FARRA EM CRUZ DO ESPÍRITO SANTO: Gestão de Pedrito Gomes gasta quase R$ 10 milhões com combustível - VEJA GRÁFICOSWhatsApp Image 2021 02 08 at 11.28.57 1 1024x500 - FARRA EM CRUZ DO ESPÍRITO SANTO: Gestão de Pedrito Gomes gasta quase R$ 10 milhões com combustível - VEJA GRÁFICOSWhatsApp Image 2021 02 08 at 11.28.58 2 1024x498 - FARRA EM CRUZ DO ESPÍRITO SANTO: Gestão de Pedrito Gomes gasta quase R$ 10 milhões com combustível - VEJA GRÁFICOSWhatsApp Image 2021 02 08 at 11.28.58 1 1024x474 - FARRA EM CRUZ DO ESPÍRITO SANTO: Gestão de Pedrito Gomes gasta quase R$ 10 milhões com combustível - VEJA GRÁFICOS

Polêmica Paraiba

Postar um comentário

0 Comentários