Ator é achado morto com a mãe em apartamento de luxo, em Nova York

  O ator norte-americano William Wedell foi encontrado morto junto com a mãe dele, Agnes Wedell, no apartamento de luxo no qual eles viviam em Nova York. As mortes do artista de 64 anos e da mãe dele de 95 foram noticiadas pelo jornal norte-americano New York Post e pelo diário britânico Daily Mail.


As publicações divulgaram imagens feitas pelo canal de TV local ABC7 mostrando ambulâncias e carros do Departamento de Polícia de Nova York estacionados em frente ao Edifício Tate, no número 535 da West 23 Street, no bairro de Chelsea, em Nova York, após os dois corpos serem encontrados.

Também ator de teatro, William Wedell tinha no currículo participações nos filmes ‘Crimes e Pecados’ (1989), dirigido e protagonizado por Woody Allen, e ‘Atraídos pelo Destino’ (1994), dirigido por Andrew Bergman e com o ator Nicolas Cage no papel principal.

De acordo com o New York Post, a crença das autoridades que investigam o caso é que a mãe do ator tenha morrido primeiro, há alguns dias, e só depois ele morreu. O último contato de William com suas irmãs ocorreu em janeiro, por meio de mensagens de texto.

Foram encontrados no apartamento várias embalagens de produtos aromatizantes e purificadores de ar para evitar que os cheiros da decomposição dos corpos se espalhassem pelo edifício. Os investigadores suspeitam que o material tenha sido colocado no local por William antes dele morrer.

O New York Post conversou com a irmã do ator, Julianna Wedell (61 anos). Ela afirmou que a mãe morava com o irmão e que os dois levavam uma vida tranquila, quase como ermitãos. Ela e outra irmã procuraram a polícia após o irmão parar de atender os telefonemas delas há algumas semanas.

“Eles era muito próximos e viveram juntos naquele apartamento por uns 25 anos”, disse Julianna. “A última vez que falei com o meu irmão ele disse que a nossa mãe estava dormindo mais e comendo menos. Ela pode ter morrido por causa da idade, naturalmente. Mas não sabemos o que aconteceu com ele”.

PN

Postar um comentário

0 Comentários