‘ALIMENTO DA ALMA’: Vereador de Bayeux defende abertura de templos religiosos com 30% da capacidade

 O vereador de Bayeux, Luciano do Impacto Som, conversou com a redação do Expresso PB e comentou sobre  decisão da prefeita Luciene Gomes em manter templos religiosos abertos, mas com capacidade reduzida a 30%.

Para Luciano, a população de Bayeux precisa do consolo e do pilar da religiosidade. Além disso, o compromisso firmado entre líderes religiosos e  prefeitura, criou um rigoroso protocolo de segurança sanitária para garantir a saúde dos fiéis. “Defendo a  busca pelo conforto da palavra divina, essa é uma opinião pessoal e política”, declarou Luciano.

O vereador comparou os templos com os supermercados. Segundo Luciano, os supermercados fornecem o alimento para o corpo, e mesmo com todas as recomendações é possível ver o descontrole das regras de distanciamento social e a alta probabilidade de contaminação. “Na missa, no culto, tem o alimento da alma. Que nos garante paz, sabedoria e discernimento para esse momento”, explicou. Além disso, o ambiente controlado permite uma maior disciplina nos protocolos de segurança.

Postar um comentário

0 Comentários