Solidariedade: Secretaria de Saúde de João Pessoa disponibiliza UTIs para pacientes da Covid-19 do Amazonas

Unidade de Saúde da Família Rangel II muda de endereço em João Pessoa -  ClickPBA Prefeitura Municipal de João Pessoa está participando do esforço humanitário para receber pacientes da Covid-19 de Manaus, capital do Amazonas, que sofre uma grave crise com a falta de oxigênio para atender os casos mais graves da doença. São cerca de 200 pacientes que serão distribuídos em seis outros estados e a capital paraibana vai receber 15 deles, em enfermarias do Hospital Universitário Lauro Wanderley.

O prefeito Cícero Lucena e o secretário Fábio Rocha, sensibilizados pela situação gravíssima do Amazonas, disponibilizaram 10 leitos de UTI na rede municipal de Saúde de João Pessoa, para servir de retaguarda, caso os pacientes com Covid-19 sejam trazidos para a cidade. 

"Neste momento em que todo o planeta atravessa a dor de perder aqueles a quem amamos, o povo de João Pessoa não pode virar as costas para outros brasileiros que não têm a oportunidade de contar com a rede de saúde para atende-los na hora mais difícil. Por isso, nossa Secretaria Municipal de Saúde está oferecendo essa esperança em forma de UTI aos pacientes do Amazonas", explica Cícero Lucena.
A remoção dos pacientes amazonenses está sendo articulada pelo Ministério da Saúde e o Exército Brasileiro.

Crise - Com número de internações bem acima da capacidade de resposta, unidades de saúde do Amazonas ficaram sem oxigênio para atender aos pacientes com Covid-19. O Estado foi obrigado a enviar pacientes para outras unidades da federação e pediu ajuda ao Ministério da Saúde.

A média móvel de mortes no Amazonas cresceu 183% nos últimos sete dias. Desde o início da pandemia, mais de 219 mil pessoas haviam sido infectadas pela Covid naquele estado, e mais de 5,8 mil morreram com a doença.

Secom-JP

Postar um comentário

0 Comentários