Presidente defende fiscalização da Câmara contra os "fura filas" em João Pessoa

  


As denúncias de burla aos grupos prioritários para a imunização contra o Covid-19 têm causado indignação na opinião pública. Por conta disso, o presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereador Dinho Dowsley (Avante), declarou nesta quinta-feira (28) que a Casa tem o papel fundamental de fiscalizar ações na rede pública de saúde e demais setores administrativos.

“A Câmara de João Pessoa e seus vereadores têm a prerrogativa legal de fiscalizar as ações desenvolvidas pelos setores públicos do Município. É inadmissível que alguém fora do grupo prioritário para tomar a vacina tenha se beneficiado, furando a fila para ser imunizado contra a Covid-19, passando à frente de outras pessoas que atendem os todos os pré-requisitos”, comentou.

O presidente Dinho informou que esteve nesta quinta-feira com representantes do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e que o assunto foi abordado. De acordo com o parlamentar, o MP está “atento” para coibir qualquer irregularidade durante a campanha de vacinação contra o novo coronavírus.

O chefe do legislativo municipal acredita que a CMJP pode agir como órgão fiscalizador em parceria com o MP para combater esse tipo de prática e garantir que os grupos prioritários sejam vacinados.

Secom-CMJP

Postar um comentário

0 Comentários