Prefeito de Belo Horizonte anuncia lockdown para conter Covid-19: 'Chegamos ao limite'

  

O prefeito de Belo Horizonte (MG), Alexandre Kalil (PSD), anunciou que vai voltar a fechar o comércio da cidade a partir da próxima segunda-feira (11), deixando apenas serviços essenciais funcionando. Segundo Kalil, a decisão ocorre após o crescimento dos casos do novo coronavírus na região.

"Chegamos ao limite da Covid-19. Nós avisamos, nós tentamos avisar. Tentamos manter a cidade aberta há 10 dias, quando os números ainda eram perigosos", afirmou o prefeito numa rede social.

A atual taxa de ocupação de leitos de UTI na capital mineira é de 86,1%, maior valor desde agosto, quando a prefeitura começou a fazer a medição considerando os hospitais públicos e particulares. Segundo o prefeito de BH, a decisão saiu após uma reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da capital mineira.

"Sexta-feira o decreto vai ser publicado, e segunda-feira a cidade está fechada", disse Kalil em no vídeo. "A vacina está chegando. Nós estamos preparados pra vacinar. Estamos na bica pra acabar com isso. Mas parece que ninguém está entendo a gravidade dessa doença", prosseguiu.

O decreto que será publicado na sexta-feira estabelecerá o fechamento de todos serviços que não forem essenciais, exceto praças públicas e o zoológico, com visitas agendadas.

O Globo

Postar um comentário

0 Comentários