Paraíba recebe novo lote com 36 mil seringas para primeira fase de vacinação contra Covid-19

  Seringas disponíveis para vacinação da Covid-19 no estoque da Secretaria de Estado da Paraíba (SES) — Foto: SES-PB/DivulgaçãoA Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu nesta quinta-feira (14) um lote com mais 36 mil seringas para imunização da população contra a Covid-19. A Paraíba já tinha em estoque, de outro fornecedor, 250 mil seringas.

De acordo com a assessoria de comunicação da SES, a primeira fase da campanha de vacinação é composta por dois momentos: no primeiro momento, recebem a vacina trabalhadores de saúde, povos e comunidades tradicionais quilombola e população indígena vivendo em terras indígenas; no segundo momento serão vacinadas pessoas com 60 anos ou mais que estejam institucionalizadas, pessoas com 80 anos ou mais e pessoas de 75 a 79 anos.

No primeiro momento da primeira fase da campanha um público de 140 mil pessoas devem receber as duas doses da vacina. Atualmente, 286 mil seringas estão disponíveis na SES e 242 mil estão em trânsito para chegar nos próximos dias. Além disso, mais 400 mil seringas devem ser enviadas pelo Ministério da Saúde junto com a primeira dose da vacina e a compra de 1,8 milhão de seringas está em andamento por meio de um edital.

A Secretaria de Saúde também informou que o estoque total de seringas na Paraíba é superior a 500 mil, mas há outras vacinas de rotina a serem administradas no estado.

De acordo com o plano de vacinação apresentado em dezembro de 2020, na Paraíba, 2,8 milhões de pessoas fazem parte do grupo prioritário para recebimento das doses.

  • Há 286 mil seringas em estoque
  • Mais 1,8 milhão de seringas estão sendo adquiridas por meio de edital, mas ainda sem previsão de chegada
  • Ministério da Saúde se comprometeu a enviar 400 mil seringas junto com as primeiras doses
  • 308,4 mil pessoas fazem parte do grupo prioritário da primeira fase da vacinação
  • População estimada da Paraíba: 4.049.324 pessoas

O secretário executivo de saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, em entrevista à TV Cabo Branco, informou que há três processos de compras de seringas em aberto. "Muito difícil adquirir seringas no Brasil nesse momento. Mas o Estado tem reserva de seringas de vacinas em função do calendário vacinal de 2021 e isso pode nos permitir fazer um plano de contingência para vacinação", explicou.

Com 681 casos da Covid-19 e 9 óbitos registrados nesta quarta-feira (13), a Paraíba totalizou 174.199 infectados pelo novo coronavírus e 3.845 mortes devido à pandemia. A contagem teve início em março de 2020 .

G1PB

Postar um comentário

0 Comentários