Flamengo de Rogério Ceni terá que driblar turbulência com formação inédita no meio-campo

  A turbulência no Flamengo está longe de amenizar. Mas pode ser driblada com uma vitória a partir da próxima rodada, em duelo diante do Goiás, segunda-feira (18), fora de casa. E Rogério Ceni terá que armar a equipe para o iminente compromisso com uma formação inédita no meio-campo, tendo em vista que Gerson, suspenso, será baixa para o treinador pela primeira vez.

Após passar por cobranças na porta do Ninho, Flamengo se reapresentou nesta terça (Foto: Alexandre Vidal/CRF)© Fornecido por LANCE! Após passar por cobranças na porta do Ninho, Flamengo se reapresentou nesta terça (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

Até aqui, Gerson iniciou todos os 12 jogos sob o comando de Ceni, assim como Bruno Henrique. Agora, o camisa 8 terá que deixar que o atacante isolado com a façanha.

A tendência é que Diego Ribas seja o escolhido para ser titular com Ceni pela primeira vez, fazer a função no meio e dar suporte a Willian Arão, Arrascaeta e Everton Ribeiro no setor. O camisa 10 atuou ao lado de Gerson quando Arão foi recuado para a zaga, no último jogo. Agora, deve fazer a mesma função, mas com o camisa 5 ao lado.

Caso não queira alterar o esquema tático para iniciar o próximo jogo, João Gomes é outro volante que surge como uma opção viável. Uma mais radical teria o recuo de Everton Ribeiro para a função de segundo homem do meio, como já atuou pelo clube, por exemplo, e a escalação de Pedro, Bruno Henrique e Gabigol no ataque - algo que seria inédito desde o apito inicial.

Hoje terá o segundo treino da semana. Pressionado e com os números desfavoráveis, Ceni ainda não definiu o time que irá a campo na segunda-feira. Contudo, independente das peças, o Flamengo precisará reagir com uma vitória, para não deixar a liderança disparar, junto a um bom rendimento, pois será essencial para a continuidade do trabalho do treinador.

SITUAÇÃO DELICADA NA TABELA

A derrota para o Ceará (0x2) na última rodada foi a 12ª partida de Rogério Ceni cob o comando do Flamengo. Até o momento, o técnico acumula quatro vitórias, quatro empates e quatro derrotas, em um aproveitamento de 44,4%.

> Ainda dá para o Fla? Confira e simule tabela do Campeonato Brasileiro

Faltando 10 rodadas para o fim do Brasileirão, o Flamengo está em quarto lugar, com 49 pontos, a sete do líder, São Paulo. O próximo compromisso do Rubro-Negro é contra o Goiás, na próxima segunda-feira, em Goiânia.

Lance!

Postar um comentário

0 Comentários