Suplente de vereador comete suicídio dentro de motel, após matar esposa e enteada em João Pessoa

  O suplente de vereador de João Pessoa, Mauri Barbosa de Souza, de 62 anos, suspeito de matar a esposa Luciara de Lima, de 38 anos, e a enteada Joana Eugênia de Lima, de 19 anos, na manhã desta sexta-feira (18), foi encontrado morto em um motel na Zona sul de João Pessoa.

O crime aconteceu no distrito de Mubaba, Bairros das Indústrias. De acordo com a polícia, os corpos das vítimas foram encontrados em andares diferentes da residência. Testemunhas no local relataram que o casal estava em processo de separação.

O pai da jovem, esteve na cena do crime, e afirmou que a relação entre Mauri e as vítimas era conturbada, com frequentes brigas, porém, nos últimos meses, aparentava que estava tudo bem entre o casal e a enteada.

Ele relatou que a jovem disse que não estava tendo uma boa relação com o padrasto, mas deu a entender que nos últimos meses a situação estava contornada. “Enfim, eles estavam tendo uma boa amizade e estava tudo tranquilo em relação a isso. Uma tragédia familiar, não esperava jamais ele fazer isso”, contou.

Mauri, suspeito do crime, é empresário, proprietário de um frigorífico em Oitizeiro. Nas eleições de 2016 ele chegou a ser eleito suplente ao cargo de vereador na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e teria tentado se candidatar em 2020, mas teve o registro suspenso pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Diário da Paraíba com Portal Cabuloso

Postar um comentário

0 Comentários