Sobrinho de Bolsonaro é nomeado para cargo no Senado com salário de R$21.4 mil

 Léo Índio, sobrinho de Jair Bolsonaro, foi indicado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para um cargo na Diretoria-Geral do órgão. Seu salário será de R$21.4 mil.

Em abril, Léo foi nomeado assessor parlamentar do senador Chico Rodrigues, o do dinheiro na cueca. Na época, ele disse: “Sempre acreditei na meritocracia e no valor do trabalho, verdadeiro fiador das liberdades individuais”.

Léo deixou de exercer a função após o caso se tornar público, em outubro, em uma tentativa de limpar a imagem do Planalto no escândalo.

Do Brasil 247

Postar um comentário

0 Comentários