SAPÉ: Major Sidnei lamenta fake news sobre concursados e pede que palanques de campanha sejam desarmados

 O prefeito eleito de Sapé, Major Sidnei (Podemos), lamentou a divulgação de ‘fake news’ sobre sua suposta tentativa de barrar contratação de concursados. Está circulando em grupos de WhatsApp um print da solicitação de audiência do futuro gestor com o Ministério Público, afirmando que o encontro seria para impedir a nomeação de aprovados em concurso.

O Major explicou que solicitou uma audiência com o Ministério Público para tratar dos problemas da Prefeitura de Sapé, falta de informações pela deficiência de transparência nos dados públicos e também a situação dos concursados e como se dará a convocação. “Sou servidor público, estudei e passei em um concurso e nunca adotaria nenhuma medida para prejudicar concursados, mas precisamos agir dentro da legalidade e o Ministério Público pode nos auxiliar neste processo”, afirmou.

Major Sidnei também lembrou que a campanha já acabou e que a partir do próximo ano será o prefeito de todos os sapeenses. “Os palanques precisam ser desfeitos pelo bem da população de Sapé. Não é correto ficar plantando notícias falsas e colocando medo nas pessoas. Essa cidade já sofreu muito, parou no tempo no quesito desenvolvimento e não temos mais tempo a perder” afirmou.

Fake News- É importante lembrar que espalhar fake news é crime, com pena prevista de 2 a 8 anos de reclusão e multa, valendo tanto para quem criou a notícia, quanto para quem compartilhou, mesmo sabendo que ela era falsa.

Postar um comentário

0 Comentários