Presidente estadual do PTC revela que pode ajuizar ação popular contra Cartaxo

  O presidente estadual do PTC, Flávio Moreira, em entrevista ao Paraíba Já, nesta terça-feira (15), revelou que, caso ocorra comprovação de gastos desnecessários por Luciano Cartaxo (PV), durante os seus últimos dias de mandato à frente da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), a legenda irá ajuizar uma ação popular na Justiça contra o gestor.

“Estamos verificando quaisquer gastos desnecessários (entenda-se por desnecessário aquilo que não seja indispensável a manutenção do funcionamento da maquina), para evitar prejuízos à população e, havendo prejuízo coletivo, será ajuizada ação popular ou quaisquer outras medidas, inclusive cautelares que possam evitar”, explicou.

O presidente do PTC ainda afirmou que caso realmente tenha havido a aquisição de acervo de cartilhas, intitulada “Maria da Penha vai à Escola” para todas as bibliotecas das instituições de ensino municipais, mesmo com as aulas presenciais suspensas devido à pandemia da Covid-19, será suficiente para que seja dada entrada na Ação Popular contra a gestão municipal.

“Vamos acompanhar bem de perto. Se o pagamento das cartilhas tiver sido efetuado, é mais que suficiente”, afirmou.

A aquisição das cartilhas foi divulgada na manhã de hoje, pela secretária de Educação, Edilma Freire.

Veja postagem

Postar um comentário

0 Comentários