Presidente da Câmara de Bayeux, Jefferson Kita, decreta luto de três dias pela morte de Expedido Pereira

 Ver a imagem de origemO presidente da Câmara Municipal de Bayeux, Jefferson Kita, decretou luto de três dias pela morte do ex-prefeito da cidade, dr° Expedito Pereira. O ex-gestor da cidade faleceu na manhã desta quarta-feira (9), após ser alvejado com diversos tiros, por um homem em uma moto, em uma rua do bairro de Manaíra, em João Pessoa.

Através de nota divulgada na manhã de hoje, o presidente da Câmara Municipal lamentou a morte de Expedido Pereira, em nome de todos os vereadores da Casa e relembrou o seu legado político e social, destinado à população de Bayeux, como prefeito e médico da cidade.

Em suas redes sociais, Jefferson Kita pediu justiça pelo crime e prestou suas condolências à família do ex-prefeito.

"Em nome dos 17 vereadores da Câmara Municipal, encaminho os votos de solidariedade e os pêsames à família e pedimos justiça por esse crime bárbaro", lamentou.

NOTA DE PESAR

Com extrema tristeza e consternação, lamentamos o falecimento do ex-prefeito Dr. Expedito Pereira, um dos homens públicos mais importantes da história da nossa cidade, morto na manhã desta quarta-feira (9).

Ex-prefeito, ex-vice-prefeito, ex-deputado e vereador mais votado do município, Dr. Expedito deixa para a população de Bayeux o exemplo e o legado de trabalho e amor por nossa cidade, após tantos anos de serviços prestados ao nosso povo com dedicação e sacerdócio.

O sentimento é de gratidão por tudo que nos foi feito e realizado.

À família, as nossas condolências e a nossa solidariedade.

Jefferson Kita
Presidente da Câmara Municipal de Bayeux

Postar um comentário

0 Comentários