Polícia já teria identificado um suspeito de envolvimento na morte de Expedito Pereira

 

 

Uma pessoa já teria sido presa, nas últimas horas, pelos investigadores da Polícia Civil da Paraíba suspeita de envolvimento no assassinato do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira, morto na manhã de quarta-feira (9) na Avenida Sapé, no bairro de Manaíra, enquanto caminhava. O nome do suspeito vem sendo mantido em sigilo para não atrapalhar as investigações.

A reportagem do programa de TV Cidade em Ação, do Sistema Arapuan de Comunicação, tentou entrar em contato com a delegada do caso, Vanderleia Gadi, mas não obteve resposta.

Expedito Pereira foi assassinado a luz do dia por um homem em uma moto que o seguiu pela rua no bairro de Manaíra e efetuou dois disparos contra a vítima que morreu no local. O corpo do ex-prefeito está sendo velado durante toda a manhã desta quinta-feira (10) na Prefeitura de Bayeux em clima de revolta e comoção. O sepultamento está previsto para as 14h no cemitério do Município. Mais informações em instantes.

Postar um comentário

0 Comentários