Ocupação de leitos de internação covid-19 atinge 100% no Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa

  

As autoridades sanitárias na Paraíba têm chamado a atenção da população quanto ao aumento do número de casos confirmados e de mortes pelo novo coronavírus no Estado. O Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, chegou a 100% de ocupação dos leitos de enfermaria e 90% dos de Unidade de Terapia Intensiva. Já o Hospital das Clínicas, em Campina Grande, está com 80% dos leitos de UTIs ocupados nesta quarta-feira (09). 

O diretor do Clementino Fraga, o médico infectologista Fernando Chagas, alertou sobre o descuido da população quanto aos cuidados sanitários de prevenção da covid-19. Ele pontuou que o crescente aumento dos casos está refletindo na ocupação dos leitos das unidades de saúde da Região Metropolitana de João Pessoa, em especial nesse hospital. 

“As pessoas estão esquecendo de usar as máscaras. Estão esquecendo de evitar o toque, de higienizar as mãos e principalmente estão esquecendo de não aglomerar. Estão sempre em eventos, em aglomerações”, comentou. De acordo com o médico, que falou ao programa ‘Arapuan Verdade’, da Rádio Arapuan FM, desta quarta-feira (09), no Clementino Fraga, 100% dos leitos de enfermaria e 90% dos leitos de UTI estão ocupados.

O Hospital Clementino Fraga é referência em doenças infecto contagiosas, conforme o ClickPB acompanhou. “Então é sempre o primeiro hospital a ter leitos os seus leitos ocupados, mas isso não tem sido diferente das outras instituições, que podem não está com o mesmo quantitativo, mas está a cada dia mais sendo ocupado de uma forma até mesmo assustadora", frisou.

O médico ainda pede a população que retorne aos cuidados. “Vamos voltar aos cuidados. Vamos voltar a utilizar as máscaras. Vamos voltar a respeitar o vírus para que dessa forma a gente de evitar perdas das preciosas vidas”, afirmou.

No Hospital das Clínicas, em Campina Grande, no período da manhã 80% das UTIs estavam ocupadas, enquanto de enfermaria 47%. 

Postar um comentário

0 Comentários