Chuva forte atinge SC e deixa 10 mortos no Vale do Itajaí em SC, diz Defesa Civil; há desaparecidos

  Vegetação, casas e muros foram arrastados com a força da chuva em Presidente Getúlio. — Foto: Reprodução/NSC TVAo menos dez pessoas morreram em Presidente Getúlio, em Santa Catarina, durante a forte chuva que atingiu o estado a partir da noite de quarta-feira (17). O temporal provocou enxurrada, alagamentos e deslizamentos de terra em cidades do Vale do Itajaí. Segundo a Defesa Civil estadual, mais cidades da região foram atingidas. O balanço deve ser divulgado por volta das 10h.

O corpo de bombeiros voluntário de Presidente Getúlio, no Vale do Itajaí, e os bombeiros de Ibirama confirmaram que, além das mortes, há pessoas desaparecidas no município de Presidente Getúlio. O acesso à cidade, que fica a cerca de 80 quilômetros de Blumenau, está bloqueado por causa de deslizamentos de terra. Por volta de 9h30 não chovia mais na região.

Resumo

  • ao menos 10 mortos no Vale do Itajaí
  • há desaparecidos; balanço ainda será divulgado
  • bombeiros receberam mais de 100 chamados por causa da chuva
“A situação aqui na cidade de Presidente Getúlio é caótica. Recebemos mais de 100 ligações, a maioria delas em virtude de inundação. [Inundou] Casas, veículos que estavam sendo arrastados. Tiveram casas em que [a água] passou do ombro das pessoas. Foram confirmados óbitos em virtude dessa enxurrada”, disse o comandante dos bombeiros voluntários de Presidente Getúlio, Alex Lima.

Segundo a corporação, corpos foram encontrados e, dentre os desaparecidos, há arrastados pela enxurrada. "Houve significativas perdas de vidas e patrimônios", disse o bombeiro Saulo Eduardo Fonseca, da corporação de Ibirama, que auxilia nas ocorrências em Presidente Getúlio.

Os bombeiros orientam para que as pessoas procurem locais seguros e liguem para os bombeiros, se necessário, e que não saiam de casa para se deslocar na cidade. O G1 tenta obter informação sobre desalojados.

Defesa Civil confirmou que há 10 mortos por conta da enxurrada na região. — Foto: Reproduçã/NSC TV
 G1

Postar um comentário

0 Comentários