Câmara de Cabedelo aprova aumento para secretários e estabelece 13º salário para prefeito e vice

 

A maioria dos vereadores de Cabedelo aprovou na noite desta terça-feira (15) o aumento do salário dos secretários, de R$10.000 para R$12.000, além de 13⁰ salário e férias para prefeito e vice também. O Projeto de Lei foi rapidamente analisado pelas Comissões pelas quais passou como Constituição e Justiça, de Orçamento e de Direito Público.

De acordo com informações obtidas, a cidade tem uma média de 20 secretarias, o que representaria um gasto em torno de 240 mil mensais aos cofres públicos no município.

Um dos vereadores que é da oposição, Hérlon Cabral  (Avante) criticou a postura dos colegas da Casa e chamou de 'farra' a votação para aumento dos salários dos gestores. Em suas redes sociais, ele repudiou a atitude e questionou: "Por qual motivo não proporam isso antes das eleições? Seria por saberem que não seria bem aceito pela população?".

E continuou o desabafo, fazendo referência as tentativas de ajuda aos pequenos empreendedores durante a pandemia: "Quantas famílias não recebem nenhum real por falta de um emprego? Quando solicitamos ajuda para os pequenos comerciantes nesse período da pandemia, não foi possível, e agora aumentar salários de secretários podem?", disse.

Na votação que reuniu 12 dos 15 vereadores,  apenas Hérlon Cabral e Erivaldo Piu-piu votaram contra. Foi registrado a ausência de três vereadores: Geusa, Fabiana e Evilasio.

Os novos salários com os reajustes passam a valer a partir do dia 1 de janeiro de 2021.

Confira a seguir o documento com a decisão:

Diário da Paraíba com ClickPB

Postar um comentário

0 Comentários