Alcolumbre insere nome de Daniella Ribeiro como de sua possível candidata à Presidência do Senado

 O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), inseriu o nome da senadora paraibana Daniella Ribeiro (PP) como possibilidade de ser sua candidata à presidência do Senado, em Brasília.

A informação, que foi veiculada em uma matéria da Folha, afirma que após ser barrado pelo Supremo, Alcolumbre quer escolher um candidato à sua sucessão e que teria inserido nomes do PSD, DEM e PP em uma lista de onde tiraria o nome escolhido.

Além do de Daniella também aparecem os nomes de Antonio Anastasia (PSD-MG), Nelsinho Trad (PSD-MS), Lucas Barreto (PSD-AP), Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e Marcos Rogério (DEM-RO).

A senadora Daniella ribeiro é irmã do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), que tenta se cacifar para presidir a Câmara. Ela está licenciada desde o fim de setembro por motivos pessoais e retorna em janeiro. A parlamentar entrou na lista de Alcolumbre não exatamente por ser do Progressistas, mas por ser mulher.

Ainda segundo a matéria, o presidente do Senado deve definir o nome escolhido ainda nesta quarta-feira (9) antes de uma reunião que terá com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Na lista de Alcolumbre não haveria menção a nenhum senador do MDB, partido de onde deve sair o nome apoiado pelo Palácio do Planalto que pode ser o de um dos líderes do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), e no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

Auxiliares de Alcolumbre ponderam que os nomes defendidos por ele não são diretamente ligados ao Planalto, mas têm diálogo com o Governo e identidade com a pauta econômica.

Paraíba Radio Blog

Postar um comentário

0 Comentários