Acusado de atuar em organização internacional de tráfico de drogas é preso na PB

  Ação conjunta entre Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil da Paraíba e do Rio Grande do Norte e apoio da Polícia Militar da Paraíba prendeu um homem acusado de pertencer a uma organização criminosa de tráfico internacional de drogas. A prisão ocorreu na manhã dessa quarta-feira (16) na Unidade Operacional da PRF em Mata Redonda.

Policiais Rodoviários Federais abordaram o veículo Fiat Toro na BR 101, km 107, no município de Alhandra. O condutor do veículo, um homem de 35, apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação com informações falsas, que não correspondiam ao contido em sistemas. Os policiais então iniciaram um trabalho minucioso e acionaram a Polícia Civil da Paraíba, foi quando descobriram que o homem já era procurado por fazer parte de uma organização criminosa que atua no tráfico interestadual e internacional de drogas.

A Delegacia de Repressão ao Crime Organizado da Polícia Civil da Paraíba e a PRF iniciaram buscas na chácara onde o foragido estava escondido em João Pessoa, na Praia do Sol. As buscas contaram com o apoio do Canil da Polícia Militar da Paraíba em buscas de drogas. No local foram localizados 25 kg de um pó branco utilizado no refino da cocaína e 200 gramas de maconha. O material irá passar por perícia da Polícia Civil.

A Delegacia de Repressão ao Crime Organizado do Rio Grande do Norte estava tentando capturar o foragido da justiça e repassou as informações para a Paraíba. Ele possui três mandados de prisão expedidos pela Justiça do Rio Grande do Norte por tráfico de drogas. O homem é investigado por atuar em uma quadrilha que atua no tráfico internacional de drogas, além de atuar no tráfico interestadual de drogas. Além dos mandados de prisão por tráfico de drogas, ele irá responder por uso de documento falso.

No esconderijo, outro homem, de 23 anos, foi localizado e detido. Todo material apreendido e os homens detidos foram encaminhados para a Central de Polícia Civil de João Pessoa.

Assessoria/PRF

Postar um comentário

0 Comentários