Secretaria de Saúde de João Pessoa inicia inquérito epidemiológico e realiza 504 testes rápidos para covid-19​

 Como parte do levantamento de inquérito e investigação epidemiológica, 504 domicílios em João Pessoa receberam a visita das equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) neste sábado (24). O levantamento, feito por coleta de dado por amostragem, onde os profissionais fazem a busca ativa de sintomáticos, com informações sobre a soroprevalência de casos de Covid-19 na Capital. Esse trabalho acontece em 62 bairros da cidade. 

Ao todo, 45 equipes de profissionais de saúde estiveram realizando as visitas, que seguirão quinzenalmente, nos dias 7 e 21 de novembro e 5 de dezembro, sempre aos sábados. Ao final de cada atuação de monitoramento das equipes, a SMS irá elaborar e divulgar o boletim com a avaliação dos dados consolidados.

“Nesta ação, estamos realizando busca ativa de casos sintomáticos, com intuito de medir a circulação viral do momento atual. Desta forma, podemos avaliar a transmissibilidade e a densidade dessa circulação viral do novo Coronavírus, possibilitando tempo oportuno de intervir nessa transmissão”, ressaltou Daniel Araújo, sanitarista e gerente da Vigilância Epidemiológica da SMS.

Nesse primeiro dia, além dos 504 testes rápidos (IgM/IgG), as equipes também realizaram 99 exames SWAB, tanto para os casos que já estavam agendados na Vigilância Epidemiolócia como para novos casos identificados pelos profissionais durante as visitas.

“Essa é a terceira atividade de monitoramento e avaliação de casos da Covid-19 que realizamos no município de João pessoa. No início de abril fizemos um trabalho de monitoramento, diagnóstico e busca ativa com aquelas pessoas que buscaram o serviço de Telemedicina da Prefeitura, com a realização de testes rápidos e SWAB. Em maio, fizemos uma busca ativa das pessoas que procuraram algum serviço de saúde, o Telemedicina ou, ainda, aquelas que buscaram informações na Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde”, informou Daniel Araújo.

Atividade de campo – As visitas são realizadas em domicílio, na casa sorteada por amostragem. O residente responderá o questionário epidemiológico, por meio de entrevista, com o intuito de obter informações sobre sua suscetibilidade, riscos de contaminação em ambiente profissional, contato prévio com indivíduos contaminados pelo Sars-Cov-2, entre outras informações técnicas e sociais.

Se sintomático e em tempo de coleta do exame SWAB, a equipe de apoio será imediatamente acionada. Caso, no momento, já tenha passado por sintomas, será realizado teste sorológico para estudo da soroprevalência no município.

“Além do trabalho técnico e de pesquisa, os profissionais também orientam sobre os cuidados, forma de prevenção e orientam os sintomáticos para quaisquer síndromes viral que procurem um serviço de saúde de referência mais próximo, com intuito de garantir a assistência e o não agravamento da doença”, completou Daniel Araújo.

Todos os profissionais envolvidos na ação utilizam crachás de identificação e portam um documento da Secretaria Municipal de Saúde. Em casos de dúvidas ou para mais informações, a população pode ligar para o número (83) 3214-7938. “É importante que a população receba os profissionais de saúde e participe deste levantamento”, destacou o gerente.

Dados epidemiológicos – Segundo boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, em João Pessoa são 33.388 casos confirmados para Covid-19 e 858 óbitos pela doença. O boletim epidemiológico pode ser acessado no Painel Covid-19, no link: https://experience.arcgis.com/experience/3be82460176d4046b0c827d4d65e81a4.

ClickPB

 

Postar um comentário

0 Comentários