SAPÉ! Luizinho garante projetos digitais para crianças com deficiência

O candidato a prefeito de Sapé, Luizinho Limeira, vai dar continuidade ao crescimento e qualidade na educação do município garantindo a inclusão de crianças com deficiência ao mundo digital, além de ampliar vagas nas creches e escolas. Nos últimos anos, a cidade vem superando os índices de atendimento escolar que chegam hoje a 86,3%, sendo maior que os índices do país de 81,3%. Já as taxas de atendimento nas creches os percentuais são maiores que do Governo do Estado e chegam a 21,4%, esses dados estão dentro da progressão do Plano Municipal de educação (PME). Só nas creches o número de alunos atendidos aumentou 665%.

De acordo com o candidato a vice-prefeito, Kildare Freitas, a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), no ensino fundamental II, subiu em 67% nos últimos anos dez anos, saindo de 2.4 para 4.0. Esses dados representam os estudantes do 6º ano até o 9º ano (crianças e adolescentes de 11 anos até 14 anos). Já a nota do Ideb no ensino fundamental I chegou a 4.5, um cresceu nos últimos anos 30%. Esses índices mostram o desenvolvimento do 1º ao 6º ano, são crianças com idades de 6 anos até 10 anos.   

“Sapé avançou com escolas transformadas, respeito e dignidade ao filho da nossa gente, além de uma educação pública de qualidade e ações que fizeram com que a forma de pensar em educação em Sapé passasse a ser respeitada, um legado construído para o futuro. E, através desta filosofia em fazer educação, os índices educacionais foram tomando forma onde podemos destacar uma taxa de crescimento de 665% nos últimos 8 anos no número de matrículas na educação infantil, etapa creche. Hoje, nosso município oferta uma taxa de atendimento à pré-escola de 86,3%, superando o parâmetro nacional que é de 81,3%, na etapa da creche nosso índice de atendimento é de 21,4% superando os indicadores estaduais que marcam 17,1%, atendendo as metas de avanço do Plano Municipal de Educação”, explicou Kildare.

Luizinho dentro do Plano Dinâmico de Gestão Participativa vai criar um programa de monitoramento dos índices educacionais: SAEB, IDEB e ANA, com estruturação para desenvolvimento de preparação pedagógica, tendo por base as estratégias de cada avaliação para aumentar, os índices ano a ano. Também vai ampliar as vagas na Educação Infantil das creches (crianças de 0 a 3 anos) e pré-escolas (crianças de 4 e 5 anos), além de criar um projeto de Recursos Digitais de Aprendizagem voltados para o processo de ensino e aprendizagem para crianças com deficiência, assegurando assim a acessibilidade atendendo as metas do Plano Municipal de Educação.

O plano de educação, do governo de Luizinho e Kildare, tem como foco atender as premissas do Plano Municipal de Educação em vigência, no caminhar para a universalização da educação infantil no crescimento de 50% da etapa creche até 2025. Além de criar novas tecnologias para monitoramento de dados e indicadores educacionais, programas com ferramentas digitais, uma educação preparada para o século XXI, que abre as portas para o futuro, que permitirá a construção de um legado, uma educação para o longo da vida.

Da Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários