Panta relembra ‘caos’ em que encontrou Santa Rita e garante projeto: ‘Escola Militar será construída’

 

O prefeito de Santa Rita e candidato a reeleição, Emerson Panta, esteve nessa quinta no Programa 360º.

O prefeito relembrou as montanhas de lixo em todos os bairros e as condições precárias em que recebeu a gestão. Para Panta, alguns prefeitos recebem a cidade com um ou outro problema, mas quando assumiu a prefeitura de Santa Rita todas as áreas tinham graves deficiências: “Recebemos todo o conjunto de problemas, e ainda recebemos a esperança do povo santarritense. Tive que deixar de ser político para ser apenas gestor e tive que ser linha dura por dois anos. Depois de “arrumar a casa”, com os postos de saúde desinterditados, salários em dia, as escolas funcionando, aí sim pude ser prefeito”.

Saúde e Pandemia

Panta enumerou várias conquistas da sua gestão, logo que começou a pandemia, a UPA de Santa Rita foi inaugurada e foi um importante reforço na saúde num período crítico. O prefeito também enumerou a distribuição de 60 mil máscaras, um centro de testagem e testagem em massa em praças, igrejas e na rua. Além disso, Panta lembra que está pagando uma ‘dívida antiga’ com a cidade de Santa Rita: “Estou pagando a negligência deles (gestores passados) estou construindo um Hospital Infantil, que foi fechado por eles. Agora que tá tudo em ordem, querem voltar a administrar a cidade, por que não vieram em 2017, para pegar o caos que eu peguei?”.

Infraestrutura com recursos próprios

O prefeito enumera obras que mudaram o cenário de Santa Rita: “Tiramos as feiras livres do meio da rua e do meio do lixo e fizemos um lugar adequado, como o de Várzea Nova. Favorecendo o comerciante e quem vai adquirir os produtos. Fizemos em Marcos Moura e vamos fazer Eitel Santiago”.

Panta também se orgulhou de que agora a cidade está com “nome limpo na praça”: “Essas obras, estão todas pagas. E com recursos próprios, não devemos nada a ninguém”.

Segurança Pública e Escola Militar 

O prefeito diz que a cidade tem planos voltados para a segurança pública e destaca o investimento forte no social e em projetos educacionais, como o projeto Campeões do Futuro e o projetos voltados para cultura.

Mas não é o único projeto: Panta garantiu a construção da Escola Militar. “Santa Rita se inscreveu no programa do governo para receber a Escola Militar, porém não fomos contemplados. Empatamos com João Pessoa. O desempate foi o número de habitantes. E ficamos de fora. Mas decidimos fazer por conta própria, com recursos próprios. Não foi possível em 2020 por conta da pandemia, mas está garantida”. Panta informa que o prédio do CAIC irá receber a escola militar, os uniformes, que são diferenciados, já estão sendo adquiridos e em 2021 os alunos já poderão contar com o equipamento.

Postar um comentário

0 Comentários