Flamengo goleia Corinthians, vira líder e deixa rival perto da zona de rebaixamento

 Flamengo chegou à liderança do Campeonato Brasileiro em grande estilo. Mesmo em meio a uma maratona de jogos (seis em 14 dias), goleou o Corinthians por 5 a 1 na tarde deste domingo, na Neo Química Arena, pela 17ª rodada da competição, e mostrou força para brigar por mais um título. O Rubro-Negro marcou com Everton Ribeiro, Vitinho, Natan, Bruno Henrique e Diego, e o Timão descontou com Gil. A equipe de Domènec Torrent dá mais um recado aos rivais e agora seca Internacional e Atlético-MG para ficar isolado na ponta, enquanto a equipe de Vagner Mancini, mesmo sem ter jogado mal, volta a ver a zona de rebaixamento de perto.

A vitória leva o Flamengo aos 34 pontos, podendo ser alcançado por Inter e Atlético-MG na pontuação. O Corinthians fica com 18, a dois pontos do Z-4. CLIQUE AQUI e veja a tabela do Brasileirão.

Vitinho foi eleito o melhor da partida pelos telespectadores da Globo, com 47% dos votos, e também pelos comentaristas Casagrande e Júnior.

Maior ídolo do Corinthians no atual elenco, o goleiro falou sobre a pressão que vem sofrendo pelas más atuações recentes. Deixou, inclusive, aberta a possibilidade de sair do clube "se estiver atrapalhando".

Apesar da maratona recente de jogos, o Flamengo dominou o Corinthians desde o início, controlando a velocidade, trocando passes de um lado a outro e contando principalmente com a movimentação de Vitinho e Everton Ribeiro entre o meio e a direita. Não que a equipe de Vagner Mancini não tenha mostrado evolução, buscando triangulações e até criando pela direita, nos pés de Otero e Fagner. Tecnicamente, porém, o Rubro-Negro se impôs e marcou com Pedro, logo aos 9 minutos, em lance anulado porque a bola havia saído pela linha lateral no início do contra-ataque. Depois, o gol que valeu: Filipe Luís cruzou da esquerda, e Everton Ribeiro subiu mais que Lucas Piton para abrir o placar. O Timão ainda respondeu com um chute de Camacho no travessão, mas foi para o intervalo em desvantagem.

O Flamengo aumentou o placar logo no início, em ótima jogada de Everton Ribeiro finalizada por Vitinho, sem chances para Cássio. Depois, num escanteio despretensioso, Natan fez 3 a 0. Só então o Corinthians acordou, até porque Vagner Mancini lançou os dois jogadores mais técnicos do elenco: Luan e Cazares. Com muito esforço, o Timão conseguiu equilibrar as ações em alguns momentos, e Gil marcou dois gols de cabeça – o primeiro foi anulado por impedimento, e só o segundo valeu. Quando o time passou a atacar e dar trabalho ao goleiro Hugo, porém, veio o golpe em um contra-ataque que terminou no gol de Bruno Henrique. O 4 a 1 desanimou o Corinthians e deixou o Flamengo tranquilo. Diego ainda faria mais um no fim.

O Corinthians nunca havia sofrido cinco gols em sua Arena. Foi, claro, a pior derrota do Timão em sua nova casa desde a inauguração, em 2014.

O jogo teve dois gols anulados, um para cada lado. No primeiro tempo, Pedro teve seu gol anulado pelo Flamengo porque a bola havia saído pela linha lateral no início da jogada. No segundo, Gil marcou de cabeça após cruzamento de Luan, mas o VAR viu impedimento do zagueiro.

Os dois times voltam a jogar na próxima quarta-feira: o Corinthians vai a São Januário enfrentar o Vasco, às 21h30 (de Brasília), na abertura da 18ª rodada do Brasileirão. No mesmo horário, o já classificado Flamengo recebe o Junior Barranquilla no Maracanã, pela última rodada do Grupo A da Copa Libertadores.

Globo Esporte

Postar um comentário

0 Comentários