Cadeirante morre depois de ser jogado de ponte em assalto

 Um homem cadeirante, de 42 anos, morreu ao ser arremessado de uma ponte de 10 metros de altura em Bauru, São Paulo. O assaltante está preso e deve ser acusado de homicídio triplamente qualificado.

O criminoso arrastou o homem, que não tinha as duas pernas, pela rua e o agrediu enquanto se dirigia ao viaduto. Lá, ele o pegou no colo e jogou no rio Bauru.

A vítima não sobreviveu mesmo tendo sido socorrida e morreu no local. O assassino é um morador de rua e, após o crime, algumas pessoas tentaram linchá-lo.

Ainda não se sabe a motivação do crime. Anos antes da recente morte, o rapaz perdeu os membros em um acidente de trem e se adaptou à cadeira de rodas, passando a vender balas no farol.

Postar um comentário

0 Comentários