Aluísio e Tatiana devem se unir para família não perder comando no Conde

 O improvável está prestes a acontecer na cidade do Conde. No município onde a mesma família se reveza no poder há décadas, nem mesmo uma separação conjugal traumática parece impedir a sede de poder do clã. Pelo menos é o que está denunciando o candidato a vereador da cidade, Aleksandro Pessoa do PSB.

Segundo Pessoa, com o registro de candidatura indeferido, a prefeita Tatiana Correia (PT do B), está se unindo ao ex-marido e ex-prefeito Aluísio Regis (PMDB) com medo que a família perca o comando da Cidade. Ou seja, os dois preferem passar por cima dos absurdos que disseram um com o outro, ao admitir a ideia de que o povo do Conde possa experimentar um novo projeto.

Ainda segundo o candidato a vereador, a prefeita Tatiana tem visitado casa a casa e diante da rejeição que vem enfrentando, num gesto de desespero e depois de ver seus argumentos não surtirem efeitos junto aos moradores, pede que se não votar nela, vote em Aluísio, mas não vote em Márcia Lucena (PSB).

Para Pessoa, o medo de Tatiana e Aluísio é que o povo ponha fim a gangorra onde os dois se alternam e o Conde pouco avança, sequer em coisas básicas como calçamento, limpeza e iluminação urbana.

2012 já aconteceu

Ainda segundo o socialista, algo parecido já aconteceu em 2012, quando o então prefeito Aluísio Regis percebeu que seu candidato perderia as eleições para o Padre Severino do PT, pediu a sua base para votar em Tatiana. Estaria agora Tatiana a retribuir?

Paraiba.com.br

Postar um comentário

0 Comentários