ACUSAÇÃO GRAVE: Karla Pimentel acusa Polícia Militar de tentar matá-la por motivação política

A candidata em Conde pelo PROS, Karla Pimentel, aparece em vídeo divulgado em redes sociais acusando a Polícia Militar pelo atentado que sofreu na madrugada do dia 1º de outubro deste anos. A candidata ainda vai além na sua fala e diz que a polícia agiu a mando da atual prefeita de Conde, Márcia Lucena (PSB). 

Sem provas das acusações proferidas contra Márcia Lucena, Karla foi enfática ao falar para os seu eleitores sobre as incriminações e disse que a polícia foi usada para a calar, pois, de acordo com a candidata, a gestão municipal se encontra na “podridão”

“Estão com medo de prefeitura por causa da podridão que está lá. Usaram até a polícia para tentar me calar, porque quem atirou em mim foi a polícia. Mas eu não me calo não. Vou até o fim. Minha família mesmo pediu para mim sair da disputa, porque eu não preciso disso. Mas Deus me levantou, eu creio e isso é missão e eu vou até o fim, pois creio que esse município é dele”, acusou.

Assista:

Fonte: NewsParaíba

Postar um comentário

0 Comentários