Moro admite que tratou Lula como adversário num ringue de boxe

O ex-juiz Sérgio Moro, que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva numa sentença condenada pelos maiores juristas do Brasil e do mundo, abrindo caminho para a ascensão de Jair Bolsonaro, de quem foi ministro, admitiu que o depoimento de Lula na Lava Jato foi tomado num "ringue" de boxe – o que reforça a suspeita de imparcialidade. 

A declaração foi concedida em entrevista à Globonews, da Globo, que parece apoiar sua eventual candidatura à presidência da República em 2022. Confira:
 

Postar um comentário

0 Comentários