Mayra Cardi sobre divisão de lucros com Arthur: “Me casei com um gigolô”

Após esta coluna revelar que Arthur Aguiar entrará na Justiça contra Mayra Cardi para ter parte do lucro de uma empresa da qual era sócio, Mayra entrou em contato com a Coluna Leo e se pronunciou a respeito da questão. “Descobri que me casei com um gigolô. Não está sendo fácil, mas, com certeza, menos dolorido que todo resto que tenho descoberto sobre caráter”, disse.

“Infelizmente, nada me surpreende mais! Quando conheci o Arthur ele tinha dívidas, as quais paguei todas na primeira semana de namoro. Dei uma vida de príncipe a ele, realizei sonhos, banquei o castelo todo!”, desabafou.

Mayra disse ainda que levou uma espécie de “golpe da barriga”. “Tenho um programa de emagrecimento emocional e outro de inteligência emocional. São 26 certificações em analista comportamental e coach. As minhas empresas são exatamente referentes às minhas formações.

Destruir minha vida como ele destruiu e, agora, querer ‘receber’ pelo tempo que destruiu minha vida, me faz ver que levei o golpe da barriga”, disparou.

Apesar de ter confirmado que vai brigar pelo divisão de lucros da You Corporation Holding e Administração Patrimonial LTDA, que tem o nome fantasia de Cura Você, Arthur Aguiar não quis dar mais nenhuma declaração.

Na entrevista que Arthur deu à coluna na última sexta (10/7), ele disse que, ao longo do casamento com Mayra, parou tudo que estava fazendo para cuidar das empresas da então esposa. “Teve um momento em que a Mayra virou para mim e falou: ‘Vou fechar o Seca. Não aguento mais. Não quero, não estou com cabeça’. Falei que não fazia o menor sentido fazer isso”, contou o ator e músico.

Ainda segundo Arthur, ele convenceu Mayra de não fechar a empresa. “Ela falou: ‘Ou você faz ou fecha. Não quero mais fazer’. Daí, eu assumi o Seca e, depois, vieram as outras empresas, o Cura, da qual também somos sócios. Eu deixei de fazer muita coisa da minha carreira, em determinado momento do casamento, para fazer essa parte empresarial”, frisou.

Metropoles

Postar um comentário

0 Comentários