NAS CONTAS: Em menos de 20 dias de gestão, Jefferson Kita paga folha integral dos servidores de Bayeux

Pela primeira vez, aposentados, pensionistas, efetivos, comissionados e contratados estão sendo pagos no mesmo dia; injeção na economia local chega a mais de R$ 8 milhões

A Prefeitura Municipal de Bayeux anunciou o pagamento dos salários de todo o funcionalismo público municipal, na tarde desta terça-feira (9), injetando mais de R$ 8 milhões na economia bayeuxense, combalida e prejudicada pela crise provocada pela pandemia do novo Coronavírus.

Pela primeira vez na história da edilidade bayeuxense, a folha de pessoal está sendo paga na sua integralidade, de uma só vez, no mesmo dia. A gestão municipal garante a quitação da folha de maio, após meses de atraso salarial, feito alcançado em apenas 19 dias de governo.

Estão sendo pagos os salários de todas as secretarias, autarquias e IPAM, inclusive os consignados do instituto de previdência, além de comissionados e contratados de todas as pastas.

O prefeito Jefferson Kita destacou como marco histórico o trabalho realizado pela sua equipe, que buscou, desde que assumiu os trabalhos, no último dia 21, dar prioridade máxima aos pagamentos, principalmente, dos aposentados, cujos vencimentos não eram pagos desde o final de março. O atual prefeito encontrou duas folhas atrasadas, o que provocou um rombo de cerca de R$ 11,2 milhões aos cofres, e um saldo existente de apenas R$ 76 mil em recursos próprios.

“São pessoas que já deram a sua contribuição ao município, trabalharam uma vida inteira e que agora merecem a nossa atenção. São, em sua maioria, arrimos de família, fazem uso continuado de medicação, além da situação de emergência que estamos vivendo e, por isso também, terão o nosso respeito. Inclusive, o projeto de lei que torna prioritário o pagamento dos salários de inativos e pensionistas é de nossa autoria, tramita na Câmara e, logo que seja aprovado, será sancionado e será lei em nosso município pagar sempre primeiro aos aposentados”, declarou o gestor.

Outro dado importante a ser levado em consideração neste pagamento é a quitação dos salários dos servidores comissionados e contratados da gestão passada. O prefeito reconhece que são pais e mães de família que, independente do governo para o qual trabalharam, merecem receber os seus salários, através dos quais se sustentam e sustentam as suas famílias.

“Nós jamais deixaríamos essas pessoas sem seu sustento. Entendemos o salário como fonte primeira da subsistência do ser humano e da sua família, não tornaríamos a segurança alimentar dessas pessoas uma questão política, principalmente neste período difícil de pandemia. São profissionais que trabalharam para o município de Bayeux e merecem respeito”, enfatizou o prefeito.

Jefferson Kita, que garantiu desde a última semana anunciar os pagamentos, ainda esclareceu que preferiu esperar um pouco mais para fazer o anúncio, vez que queria dar a boa notícia “inteira”. O prefeito explicou que pelo fato de as contas não fecharem, os pagamentos de algumas categorias poderiam ser procrastinados, com o calendário fracionado como sempre aconteceu com categorias como os contratados, por exemplo, e era sua meta pagar a todos os servidores de forma indistinta e igualitária, no mesmo dia, mostrando em atitudes o respeito que esta gestão para com aquele que é o seu patrimônio mais importante.

“Nossa meta sempre foi pagar a todos e todas de uma só vez, buscando instituir uma data única para o pagamento da folha, e assim o fizemos. Hoje, depois de muito trabalho e dedicação de uma equipe unida e comprometida, podemos anunciar com orgulho e tranquilidade que os salários estão nas contas e que o nosso servidor pode voltar a confiar na gestão municipal, que trabalhará sempre pelo melhor para a nossa cidade”, garantiu Kita.

Em relação à folha de abril, o prefeito tem à mesa um planejamento para a realização desses pagamentos, e o apresentará nos próximos dias, garantiu.

Coordecom Bayeux

Postar um comentário

0 Comentários