Comércio e orla de Cabedelo, PB, devem ser reabertos parcialmente a partir de 15 de junho

A prefeitura de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, planeja reabrir parcialmente o comércio e a orla do município a partir do dia 15 de junho, conforme o plano de monitoramento e flexibilização da reabertura das atividades econômicas divulgado nesta segunda-feira (8).

Segundo a prefeitura, a decisão de retornar as atividades foi tomada com base no número de casos recuperados e no baixo índice de mortalidade pelo novo coronavírus (Covid-19) na cidade. Até o domingo (7), conforme dados da Secretaria de Estado da Saúde, Cabedelo apresentava 1.113 casos confirmados, 596 recuperados (53,5%) e oito mortes (0,7%).

Conforme o documento, a flexibilização vai ser feita de forma gradativa e prevê a volta de diversos serviços na cidade até o dia 14 de julho, sendo que os serviços e atividades vão ser liberados a partir de três datas específicas, com regras rigorosas a serem seguidas por cada segmento.

Na segunda-feira (15), vão ser liberadas as atividades de varejo de bairro ou Centro e centros comerciais e praças de alimentação, na modalidade delivery; lojas de material de construção, com 70% da capacidade de atendimento e no horário das 9h às 18h; a construção civil, com 50% dos funcionários e no horário das 9h às 18h; comércio atacadista, no horário das 9h às 18h; barcos à vela para prática de competições; e liberação da orla e praças apenas para a prática esportiva individual.

A partir de 29 de junho fica liberado o funcionamento do varejo de bairro/distrito, até 200m² e no horário das 9h às 18h; salões de beleza e serviços de estética com atendimento por agendamento, sem fila de espera e higienização entre um cliente e outro; centros comerciais e praças de alimentação, com modalidade delivery e coleta, no horário das 12h às 18h; serviços médicos, odontológicos e veterinários, com atendimento por agendamento, sem fila de espera e higienização entre um cliente e outro; construção civil com 100% dos funcionários e no horário das 9h às 18h; concessionárias e locadoras, conforme novo protocolo a ser divulgado; academias de ginástica e similares, apenas piscinas e locais com prática de esporte sem contato; teatro, com um terço da capacidade; e serviços de escritório, com 50% da capacidade.

Por fim, a partir de 14 de julho, vários serviços que já vão estar liberados vão operar com novos protocolos, além de varejo de centro, até 200m² e das 9h às 18h; eventos esportivos, sendo apenas futebol profissional sem torcida; serviço público, com um terço da mão de obra; bares, restaurantes, lanchonetes, varejo do centro, academias de ginásticas e teatro, com 50% da capacidade; serviços de escritório com 100% da mão de obra e eventos esportivos em geral com limitação de público.

Entre as regras que vão ser impostas, que estão separadas por setor, está o uso obrigatório de máscaras e álcool em gel; o aumento do distanciamento entre mesas; o reforço da higienização de mesas, cadeiras e banheiros; o uso preferencial de talheres descartáveis; a limitação do acesso às lojas com controle de número de entradas e vários outros.

G1PB

Postar um comentário

0 Comentários