Chuva de medalhas! Com sete ouros e 16 pódios no total, Brasil vira segundo no quadro

Depois de mais uma semana na perseguição, o Brasil finalmente termina um dia na segunda posição no quadro de medalhas. Com quatro ouros na canoagem slalom, somados com um no longboard, outro nas águas abertas e a vitória no tênis, o país chega a 22 títulos no geral e deixa para trás o México, com 20, e o Canadá com 18.

O superdomingo brasileiro foi aquático. Das águas abertas veio o título de Ana Marcela, das correntezas apareceram quatro ouros na canoagem slalom e, nas ondas, Chloé trouxe o título no longboard. Por fim, teve o título de João Menezes no tênis.

Show brasileiro nas águas do Peru. Quatro medalhas de ouro e uma de bronze, com destaque para Ana Sátila, campeã no C1 e no Extreme, e Pedro Henrique, ouro no K1 e no extreme. Teve ainda um bronze com Felipe Borges no C1. A festa só não foi completa porque Omira Estácia, que tinha sido segunda colocada no K1, sofreu uma punição após revisão dos árbitros e ficou sem medalha.
João Menezes, que era o cabeça de chave sete do torneio de tênis, conquistou a medalha de ouro neste domingo. Na decisão, derrotou o chileno Barrios por 2 a 1 em quase três horas de partida, se tornando o sexto tenista brasileiro a levar o ouro.

Chloé Calmon venceu a peruana Maria Fernanda Reyes, e conquistou a medalha de ouro no longboard do Pan. Na estreia da modalidade no evento, ela confirmou o favoritismo para ouvir o hino no lugar mais alto do pódio. Já Nicoli acabou com o bronze no Stand-Up surf.
Uma das melhores do mundo nas águas abertas, Ana Marcela Cunha levou o ouro nos 10km do Pan. É sua primeira medalha na história dos Pans, evento que ela participou pela terceira vez. De quebra, ainda viu Viviane Jungblut chegar na terceira posição e conquistar o bronze.

Caio Bonfim e Erica Sena estão entre os melhores do mundo na marcha atlética de 20km e conseguiram, neste domingo, ir ao pódio no Pan. Caio ficou no pelotão de frente o tempo inteiro, chegou a liderar, mas nos últimos metros ficou com a prata. Já Erica, estava liderando a prova quando foi punida e obrigada a ficar mais de um minuto parada, perdendo a chance de disputar o ouro. Terminou com o bronze.
Duas medalhas para o Brasil no hipismo CCE, modalidade que une três provas de equitação: adestramento, cross country e saltos. Na disputa por equipes, o Brasil confirmou a prata e a vaga olímpica. No individual, Carlos Parro levou o bronze.
A seleção brasileira de ginástica rítmica conquistou a medalha de bronze na coreografia de cinco bolas por equipes. O time cometeu alguns erros, ficou atrás do México e Estados Unidos, mas foi ao pódio pela segunda vez no Pan, já que tinha sido bronze no geral, no sábado. Agora, a equipe se prepara para, nesta segunda-feira, tentar o ouro na coreografia de arcos e maças.
A seleção brasileira de vôlei venceu o Chile por 3 a 0 e garantiu a medalha de bronze na competição sem maiores problemas. No sábado, o time tinha perdido para Cuba pelo mesmo placar na semifinal.

Globo Esporte

Postar um comentário

0 Comentários