Vazou na Paraíba: bolsonaristas preparam onda de ataques a João Azevêdo, Ricardo e senadores

Um grupo de direita na Paraíba, que apoia o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e que defende os decretos de liberação das armas, está utilizando o Whatsaap para arrecadar dinheiro que será destinado a atacar, a princípio, as imagens do governador João Azevêdo (PSB), do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e dos três senadores paraibanos: Veneziano Vital do Rêgo (PSB), Daniella Ribeiro (PP) e José Maranhão (MDB).

 Eles pretendem espalhar outdoors por João Pessoa e Campina Grande apontando os cinco políticos como “traidores do povo”, “demonstrando nossa insatisfação com a bancada paraibana no Senado”.

No endereço do grupo, eles alertam que só deve entrar “quem for contribuir financeiramente”. O fato dos senadores terem votado contra o decreto de Bolsonaro e o governador João Azevêdo ter comemorado o posicionamento do Senado alimentou ainda mais o ódio dos bolsonaristas, que têm em Ricardo Coutinho como um inimigo forte.

 De forma exclusiva, a reportagem do Diário da Paraíba conseguiu entrar no grupo e ter acesso a várias informações acerca da manobra em andamento de desqualificação dos políticos paraibanos.

A seguir, parte da lista dos que já entraram no grupo e fizeram suas doações para os outdoors difamatórios: 1- Augusto - R$ 50,00 2 - Nerivaldo - R$ 50,00 3 - José Segundo – R$ 50,00 4 - Coriolano Sá – R$ 50,00 5 - Luiz Rodrigo – R$ 50,00 6 - Alexandre Wanderley – R$ 50,00 7 - Alexandro Melo – R$ 80,00 8 - André Marques - R$ 50,00 9 - Brunno Farias - R$ 50,00 10 – Rayff - 50,00 11- Dore - R$ 50,00 12 - Abdon Napy - R$ 50,00 13 - Jean Ovidio – R$ 50,00 14 - Diego Maciel – R$ 50,00 15 - Adelcidio Jr – R$ 100,00 16 - Antônio Fausto – R$ 50,00 17 - Sérgio Lacerda – R$ 50,00 18 - Kelson Filho – R$ 50,00 19 - Paulo Teodósio – R$ 50,00 20 – Yuri - R$ 50,00 21 - João Alberto - R$ 50,00 22 – Wyller - R$ 50,00 23 - Kelson Chaves - R$ 50,00 24 - Christina Medeiros - R$ 50,00 25 - Renato Gueiros - R$ 50,00 26 – Delônix - R$ 50,00 27 - Damiao Ferreira - R$ 50,00 28 - Max Bello – R$ 100,00 29 – Roberto -  R$ 80,00 30 - Danilo Formiga - R$ 50,00 31 - Elisa Trigueiro - R$ 200,00 32 - Ricardo - R$ 50,00 33 - Danilo - R$ 30,00 34 - Joao Paulo - R$ 20,00 35 - Kelnner Maus Dias (?) 36 - Alexandre Medeiros - R$ 20,00 37 - Paulo Meira - RS 50,00 38 – Bibi - R$ 50,00 39 - Tércio de Sousa Mota – R$ 60,00 40 – Francisco de Assis – R$ 50,00 41 – Isabelle – R$ 50,00

 Nas conversas e áudios no chat do grupo, tudo indica que esta movimentação é no país todo, mas, no caso da Paraíba, a coordenação está vindo de Pernambuco, cuja maioria é de caminhoneiros que preparam uma paralisação nacional para o dia 30 de junho em favor do presidente Bolsonaro e contra o Congresso Nacional.

 O líder do grupo é Kalebe Lael Costa Dionísio e que se disponibiliza como favorecido nas quatro contas bancárias divulgadas para serem utilizadas na doação, em agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco e Itaú. Nas conversas no chat, a maioria demonstra “ser endinheirada” e tem o cuidado de não defender nenhum partido, só enaltecer a imagem de Jair Bolsonaro.

 Um detalhe: nos outdoors e nos posts nas redes sociais que eles pretendem espalhar, o grupo destaca que o posicionamento dos cinco políticos paraibanos faz com que a “bandidagem agradeça”, mostrando meninos negros como assaltantes e com armas na mão. ESCUTE Diario da Paraiba

Postar um comentário

0 Comentários