De alta após cirurgia cardíaca, vereador Bruno Farias explica quadro clínico e agradece por orações

O vereador de João Pessoa, Bruno Farias, já recebeu alta médica e passa bem, após ter sido submetido a um cateterismo cardíaco, no final da tarde desta quarta-feira (19). Em depoimento postado em seu perfil no Instagram, o parlamentar explica que a cirurgia foi necessária para correção de um Forame Oval Patente, que é uma abertura localizada entre os ventrículos esquerdo e direito do coração. Bruno Farias ainda relatou que precisou realizar o procedimento cardíaco após exames detectarem que ele tinha submetido a uma isquemia.

Os sintomas foram sentidos pelo vereador no último dia 29, durante a sessão ordinária no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). “Graças a Deus, foi algo rápido, transitório e que não me deixou quaisquer sequelas. De repente, no meio da sessão, eu fui pegar o Regimento Interno da CMJP a fim de encontrar uma solução para um imbróglio que estava acontecendo naquele momento da nossa Sessão Ordinária. Ao abrir o Regimento, fiquei surpreso ao não conseguir lê-lo na íntegra. Conseguia ver a página apenas parcialmente. Era como se tivesse uma sombra em meu olho esquerdo.

Essa perda parcial da minha visão esquerda durou apenas uns 15 minutos. Logo depois, recuperei a visão na plenitude. Encerrada a sessão e nos dias posteriores, eu me submeti a uma bateria de exames que revelaram que eu possuía o forame ainda aberto e que ele havia sido o responsável pela isquemia que tive. Então, ontem, às 16h, no Memorial São Francisco, sob o comando da equipe de Dr Fúlvio Petrucci, fiz o cateterismo para fechar essa abertura no meu coração”, explica.

 O vereador ainda agradeceu aos amigos e familiares pelas mensagens de apoio e orações. “Muito obrigado pelo carinho e pelas orações de todos!!! O maior patrimônio de um homem são a família e os amigos, e como é bom se sentir amado pelas pessoas que a gente ama!!!”, postou.




Eu gostaria de agradecer aos amigos queridos que me mandaram mensagens preocupados com o meu estado de saúde. Muito obrigado pelo carinho e pelas orações de todos!!! O maior patrimônio de um homem são a família e os amigos, e como é bom se sentir amado pelas pessoas que a gente ama!!! Graças a Deus, está tudo em ordem!!! To 100%!!! Coração novo de novo!!! Inclusive, já recebi alta e acabei de chegar em casa. Vou tentar resumir as perguntas sobre o que aconteceu amigo. Eu fiz um cateterismo cardíaco para fins de oclusão de um Forame Oval Patente que tinha no coração. O Forame é uma abertura entre os dois lados do coração e é por onde os bebês se alimentam na vida intrauterina. Ou seja, todos os seres humanos nascem com essa abertura (forame). Ocorre que naturalmente essa abertura se fecha até os 02 anos de idade. Em mim, essa abertura não fechou e eu só vim descobrir isso agora, aos 38 anos de idade. O Forame Oval Patente muitas vezes é causa de AVCs em pessoas abaixo de 50 anos. Pois bem, há exatamente 03 semanas, dia 29/05/2019, eu tive uma isquemia no plenário da CMJP. Graças a Deus, foi algo rápido, transitório e que não me deixou quaisquer sequelas. De repente, no meio da sessão, eu fui pegar o Regimento Interno da CMJP a fim de encontrar uma solução para um imbróglio que estava acontecendo naquele momento da nossa Sessão Ordinária. Ao abrir o Regimento, fiquei surpreso ao não conseguir lê-lo na íntegra. Conseguia ver a página apenas parcialmente. Era como se tivesse uma sombra em meu olho esquerdo. Essa perda parcial da minha visão esquerda durou apenas uns 15 minutos. Logo depois, recuperei a visão na plenitude. Encerrada a sessão e nos dias posteriores, eu me submeti a uma bateria de exames que revelaram que eu possuía o forame ainda aberto e que ele havia sido o responsável pela isquemia que tive. Então, ontem, às 16h, no Memorial São Francisco, sob o comando da equipe de Dr Fúlvio Petrucci, fiz o cateterismo para fechar essa abertura no meu coração. A cirurgia foi um sucesso, fui super bem acolhido pelo Hospital e a equipe de Dr Fulvio foi 🔝. Muito obrigado a todos que cuidaram de mim e à legião de amigos que se uniram numa corrente de oração.
Uma publicação compartilhada por Bruno Farias (@brunofarias_jp) em
Com wscom

Postar um comentário

0 Comentários