Brasil supera trauma do passado e bate Paraguai nos pênaltis

Depois do 0 a 0 no tempo normal, brasileiros fazem 4 a 3 nas cobranças de pênalti e voltam à fase decisiva do torneio sul-americano depois de 12 anos. Os brasileiros chegaram a quase 70% de posse de bola na primeira etapa e marcaram presença no campo de defesa paraguaio, mas só incomodaram o goleiro Gatito com dois chutes fracos de Firmino e Coutinho.

O Paraguai, por outro lado, exigiu uma excelente defesa de Alisson em chute forte de Derlis Gonzalez. O restante do primeiro tempo foi marcado por muitas faltas, que resultaram em três cartões amarelos para a equipe paraguaia.

O Brasil voltou melhor na etapa final, encurralando os paraguaios. A pressão aumentou quando, aos 12 minutos, o árbitro marcou pênalti de Balbuena em Roberto Firmino, mas, após consultar o VAR, viu que a falta foi fora da área e, como a chance era clara de gol, expulsou o zagueiro paraguaio.

O Brasil pressionou, chegou a ter quatro atacantes em campo, mas esbarrou na trave e no goleiro Gatito. Depois do 0 a 0 persistir até o fim do segundo tempo, a vaga foi decidida nos pênaltis.

Reprodução (Metropole) 

Postar um comentário

0 Comentários