Bolsonaro dá vexame e se torna o pior representante brasileiro em eventos do G-20

O Brasil se tornou motivo de piada internacional com a participação de Jair Bolsonaro (PSL) em reunião da cúpula do G-20, esse que é o encontro das nações mais ricas do mundo, em Osaka, no Japão.

Percebido como um personagem ‘tóxico e ultrajante’, Bolsonaro não teve nenhuma agenda relevante no encontro e, na live que fez na quinta-feira (27), falou apenas da perspectiva de que o Brasil passe a exportar bijuterias de nióbio.

Além disso, ele teve que se explicar a respeito do escândalo internacional de tráfico de drogas em um avião presidencial e se justificar diante da imprensa internacional. Segundo o jornalista Fábio Pannunizio, âncora da Band, Bolsonaro conseguiu transformar o Brasil nas Filipinas das Américas, numa alusão ao presidente Rodrigo Duterte, motivo de vergonha internacional.

Outro fato que reverbera a questão é que, no governo Lula, o ex-presidente foi chamado de “o cara” por Barack Obama. Já nesse, Bolsonaro apenas ‘pousou’ para foto com Donald Trump.

R7

Postar um comentário

0 Comentários