Estadual

Atualizado em 22/11/2017 11:06

Governo realiza seminário sobre ranking de competitividade nesta quarta

O Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, realiza nesta quarta-feira (22), no Palácio da Redenção, o seminário Ranking de Gestão e Competitividade, que contará com a presença do governador Ricardo Coutinho e da presidente do Centro de Liderança Pública, Luana Carvalho, ONG que conferiu ao estado da Paraíba a 10ª posição no ranking nacional de competitividade e 1ª no Nordeste, tendo registrado avanços em pilares como a educação, segurança pública e sustentabilidade social, além de ficar em 4º lugar no ranking da infraestrutura.

Durante o período da manhã, a programação inclui a apresentação do ranking de competitividade dos estados e a apresentação do CLP. À tarde, será realizado um workshop sobre o ranking para os técnicos do governo, compondo a programação do mês do servidor.

Na educação, o estado ganhou cinco posições em relação à edição anterior, passando de 19ª para 14ª colocação, devido ao ganho com indicadores de taxa de frequência líquida do ensino fundamental e taxa de frequência líquida do ensino médio. O estado ficou ainda em 8º lugar em inovação e potencial de mercado, enquanto que em segurança pública se posicionou em 13º. Nos pilares de Educação, Solidez Fiscal e Sustentabilidade Ambiental, o estado ficou em 14º lugar.

O secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Waldson Souza, fez referência ainda à situação da solidez fiscal do estado registrada no ranking, apontando que em relação à capacidade de investimento, a Paraíba cresceu 11 posições no ranking, sendo hoje o 3º lugar nacional, e, também, que em relação à solvência fiscal, que é a capacidade de honrar com os compromissos que assume, o estado ocupa hoje a 8ª posição. Outros pontos que merecem destaque são o potencial de mercado da Paraíba (6º lugar no ranking) e a taxa de crescimento do mercado (2º lugar).

 O equilíbrio das contas públicas do estado, a manutenção da capacidade de investimento e a priorização para que isso acontecesse foi exatamente o que determinou a melhoria de indicadores tão importantes como esses , comentou o secretário Waldson Souza. Segundo ele, o evento irá consolidar a importante posição tida pelo estado da Paraíba em um ranking que classifica as unidades da federação dentro dos aspectos de crescimento de indicadores sociais, econômicos e financeiros.

Ranking de Competitividade dos Estados - O Ranking, que está em sua sexta edição, faz uma análise comparativa da capacidade competitiva de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal em 66 indicadores, agrupados em 10 pilares temáticos. Entre os indicadores, 36 são comparados com dados internacionais de 34 países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Itens como infraestrutura, educação, inovação, potencial de mercado, segurança pública, solidez fiscal, sustentabilidade social, sustentabilidade ambiental compõem o quadro.

Da redação