Estadual

Atualizado em 06/09/2017 07:44

Tôrres diz que LC é obcecado por RC e que se oposição debatesse com o povo seria governo

Críticas foram feitas após Cartaxo 'imitar' gestão estadual e regulamentar parcerias entre OSs e a PMJ

Em entrevista, nesta terça-feira (05), o secretário de Comunicação do Governo da Paraíba, Luís Tôrres, abriu o verbo e rechaçou o discurso do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), que tachou como ?fracasso? a realização de parceria entre a gestão estadual e as Organizações Sociais, todavia baixou um decreto, no mês de agosto, autorizando e regulamentando a parceria dessas OSs com a gestão municipal.

Segundo o secretário, o prefeito Cartaxo é obcecado pelo governador Ricardo Coutinho, pela gestão socialista e pelos resultados da administração no âmbito estadual e, por isso, na surdina, imita tudo que Ricardo Coutinho faz, mas, na frente das Câmeras, tenta adotar um discurso de que não faria o mesmo.

 Eu, com todo respeito, acho que o prefeito Luciano Cartaxo é obcecado pelo governador Ricardo Coutinho. Ele é obcecado pela gestão Ricardo Coutinho. Aí é o seguinte, ele é obcecado pelas ações do governador Ricardo Coutinho, pelos resultados da gestão de Ricardo Coutinho, só que ele não tem coragem de fazer as ações e tomar as atitudes que o governador toma. Então o que é que ele faz - para fora, ele adota um discurso que parece ser o mais bonitinho, mais encaixado, e para dentro ele faz aquilo que ele critica. Da boca pra fora, ele acha tudo que o governo Ricardo Coutinho faz é errado, mas para dentro ele reúne o secretariado e diz ? minha gente Ricardo fez uma grande coisa, vamos imitar? ? Então o prefeito está sempre procurando imitar o governador Ricardo Coutinho, sobre aquela tese de que copiar o bom é melhor do que inventar o ruim, porém ele não tem capacidade de ter a coragem real para poder adotar as atitudes e faz tudo escondido. Ele tenta ser igual a Ricardo Coutinho, mas escondido. Porque para fora ele pretende passar o discurso que está errado, porém, como eu disse, ele é um obcecado pelos bons resultados do governo , disparou.

Para Tôrres as críticas da oposição sobre a parceria com as Organizações Sociais não vão prosperar por muito tempo, assim como aconteceu com a parceria feita com a Cruz Vermelha.

 Na verdade esse é um debate que não dura mais que algumas semanas. Porque quem é que pode imaginar que alguém não é a favor da melhoria das escolas, e de funcionários com direitos garantidos. Ninguém é contra isso. Se a oposição levasse metade dos debates que trava na Assembleia para população, ela mudaria de lado. Ela deixaria de ser oposição para ser governo , arrematou.